Copo de 3: Eu ainda sou do tempo em que...

06 Setembro 2005

Eu ainda sou do tempo em que...

Com um constante aparecimento de novas marcas de vinho, muitas outras ficam quase como esquecidas, quase que remetidas a um canto, porque quando se compra, se quer uma novidade e não aquele vinho que sabe sempre ao mesmo... e que muitas das vezes já enjoa.
A verdade, é que muitas delas não resistem e com o passar do tempo ou desaparecem, sem que ninguem nota a sua falta, ou simplesmente sofrem um processo de maquilhagem, para que apareçam novamente no mercado e o consumidor menos atento compre, porque tem novo rótulo e o vinho deve ser melhor, é o chamado Marketing, produtos mais apelativos chamam mais o consumidor.
Mas muitas destas marcas, fazem parte da nossa vida, muitas até da vida dos nossos pais e avós, são as marcas pioneiras, as que deram o salto, as que simplesmente ajudaram a que o nosso vinho seja aquilo que é hoje...

Serradayres: Uma das marcas de vinho mais antigas de Portugal é a Serradayres, originária em finais do séc XIX, que hoje em dia pertence às Caves Dom Teodósio.
A Serradayres, foi criada pelo Conde Castro de Guimarães em 1896, que iria ser transferida para a família de Henry Dupuy em 1951, que no mesmo ano a cedeu à firma Carvalho Ribeiro e Ferreira (origem nos finais do séc XIX).
Em finais dos anos 80 passou para as mãos da Cockburn, até que em 1999 foi comprada pelas Caves Dom Teodósio (que tem origem em 1923).

Periquita: Esta famosa marca de vinhos, que recentemente fez 150 anos, teve início nos finais do séc XIX, e faz parta da José Maria da Fonseca.
Os vinhos desta casa, são também marcantes no nosso Portugal, e marcas como BSE aparece em 1945, Dão Terras Altas em 1955, Pasmados (antigo Branco Velho e Tinto Velho) em 1959, Palmela Clarete em 1969 (vai dar nome aos Camarate Clarete e Camarate, e em 1985 a Quinta de Camarate), os famosos e também enigmáticos Garrafeira em 1945 até aos dias de hoje P, DA, AE, CB, EV, MC, CO, TE, RA.
Lança também mais um exito de vendas, o Lancers pelas mãos do Eng António Porto Soares Franco em 1945.

João Pires: Nos dias que correm já passou por JP Vinhos e hoje em dia é Bacalhoa Vinhos. Vinhos importantes no panorama nacional, como Cova da Ursa Chardonnay em 1986, Quinta da Bacalhoa em 1979, Má Partilha em1986, Catarina em 1981, por terras de Alentejo, o Tinto da Anfora em 1978 e o Herdade Santa Marta em 1987.

No plano de Vinhos Verdes, Denominação que aparece em 1908, surge o Aveleda em 1946 da Sociedade Agricola e Comércio Quinta da Aveleda, e também o Alvarinho Palácio da Brejoeira em 1977 pela vontade de D. Maria Hermínia de Oliveira Paes, juntamente com o Eng Amãndio Galhano.

No Dão, região demarcada desde 1908, surge em 1984 a Sociedade de Vinhos Borges, e em 1957 por parte da Vinicola Vale do Dão, o famoso Dão Pipas.

No Douro, Fernando Nicolau de Almeida e o Eng José Maria da Fonseca, dão início ao mito Barca Velha no ano de 1953, sendo que o Reserva Especial aparece em 1962, o Esteva em 1984.
Outra das marcas grandes do Douro, Quinta do Côtto Grande Escolha, vê luz em 1980.

O mais internacional dos nossos vinhos, Mateus Rosé, respira pela primeira vez na década de 40.
Como curiosidade, da abertura em 1937 da Feira Popular de Lisboa, surge aquele que seria o primeiro Rosé de Portugal, o Faísca.

Pelos vinhos do Alentejo, muito se pode contar, são bastantes as adegas onde o vinho era produzido muito antes de 1900, Cartuxa, Casa José Sousa, Quinta Dona Maria...
Com 50 anos a Coop de Borba , Coop Portalegre e Coop Granja, os famosos Montes Claros, que foram comprados pela Coop de Borba... Surge o gigante Esporão nos anos 80, o mítico Pêra Manca em 1990 (mas a sua história remonta à descoberta do Brasil).

2 comentários:

Anónimo disse...

Já se aprendeu mais qualquer coisinha, achei bastante interessante as fotografias dos vinhos. Alguns deles nunca tinha visto.


JS

Anónimo disse...

Foi uma boa viagem ao passado, algum dele mais recente. Gostei muito. Este Blog foi recomendado por um amigo e gostei do que encontrei, os meus parabéns.

M.F.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.