Copo de 3: PROVA Verdejo Vs Verdelho

25 setembro 2005

PROVA Verdejo Vs Verdelho

Em prova dois vinhos com uma indicação igual para a casta, talvez os melhores exemplares mas o certo é que a Verdelho é a Gouveio enquanto que o Verdejo é o Verdelho da Madeira.
Os escolhidos foram, José Pariente Verdejo 2004, com fama e proveito de um dos melhores Verdejos de Espanha, proveniente da zona mais conhecida pelos seus Verdejos, a D.O. de Rueda, e o outro vinho o Esporão Verdelho 2004, das terras do Alentejo, e recentemente galardoado com um prémio de excelência num concurso no Alentejo. Vamos então ver como se portaram estes dois irmãos de países diferentes unidos pela mesma casta, e estágio em Inox.

José Pariente Verdejo 2004

Apresentou-se com uma graduação de 12,5% e uma tonalidade amarela com tonalidade dourada e reflexos esverdeados.
No nariz, grande entrada inicial de fruta tropical (manga, lima) fruta branca (pêra, maçã), leve toque floral acompanhado de aromas a relva fresca, com leve ponta de mel e um final mineral, tudo isto num Bouquet de grande nível e intensidade.
Na boca, mostrou uma boa entrada com corpo médio, correcta ligação aos nariz com fruta bem presente, acidez muito bem colocada no conjunto dando uma frescura bem agradável ao vinho com final de boca levemente mentolado que faz o final de boca ser longo e bastante agradável.
Um Verdejo que mostrou o porquê da sua fama, e com um excelente preço de 6€.
17,5

Esporão Verdelho 2004

Apresentou-se com uma graduação de 13,5% e uma tonalidade amarelo muito claro com reflexos esverdeados.
No nariz entrada mediana com fruta tropical (manga, lima) , ligeiro toque melado com uma ponta mineral aliada a umas notas de erva fresca.
Na boca, mostrou corpo médio, entrada frutada, fresco e leve com acidez a dar uma boa dose de frescura ao vinho, final mineral com persistência final média.
Mostrou os argumentos pelo qual foi eleito como vinho de excelência, ficando à frente de grandes nomes da enologia do Alentejo. Provado novamente encontra-se em grande forma pelo que ainda aguenta mais uns tempos de guarda.
16,5

Conclusão: O Verdejo mostrou-se claramente mais vinho, com uma maior e melhor concentração de aromas, contra um Esporão de muito bom nível, mas que se mostrou mais ácido, e com menos argumentos face a um Verdejo de luxo.

3 comentários:

Joe Montana disse...

Antes de mais nada perdoa meu português sou espanhol e não o falo nem escrevo demasiado bem.

O Jose Parente é um dos melhores Verdejos de Espanha. Outro que este ano se está mostrando muito bem é o "Palacio de Bornos 04".

Se tens oportunidade de conseguí-lo já nos contarás tua opinion.

Copo de 3 disse...

Primeiro que tudo, dar as boas vindas ao Copo de 3, os seus comentário serão muito bem vindos.
Entende-se perfeitamente o seu Português... continue assim.

Sobre o Palácio de Bornos já está em agenda para ser provado.

SobreVino disse...

Joao,

Personalmente no encuentro hoy en día muchos verdejos en España que me convenzan, pero si tienes ocasión prueba el excelente Blanco Nieva Pie Franco, de Viñedos Nieva, que en España se encuentra por unos 7 euros.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.