Copo de 3: PROVA Ázeo 2005 Branco

04 Setembro 2006

PROVA Ázeo 2005 Branco

Ázeo 2005 Branco
Castas:Viosinho e Chardonnay - Estágio: 6 meses carvalho francês - 13% Vol.

Tonalidade amarelo citrino de boa concentração.
Nariz a mostrar uma intensidade aromática média/alta destaca-se pela qualidade da fruta com citrino de bom recorte, frutos secos torrados, ligeiro floral que lembra o aroma da esteva no monte, ligeira baunilha com mineral de fundo bem presente num perfil fino de aromas e muito refinado com bom equilibrio entre eles.
Boca com mais do mesmo, fruta presente em conjunto com uma acidez muito bem colocada a dar frescura ao vinho, harmonioso com tudo no seu sítio, uma certa untuosidade dá um toque guloso mas nada que seja em excesso, apenas o suficiente para que se diga sim senhor. No fundo um travo mineral acaba com uma persistência alta.

Das terras Durieneses pelas mãos do enólogo João Brito e Cunha, sai em 2004 a primeira versão deste branco que foi um 100% Viosinho, de seu nome Ázeo que em latim significa bago de uva.

Nos últimos anos não têm sido muitos, os brancos do Douro que me conseguiram despertar alguma atenção mas este conseguiu e bem, numa zona dominada claramente pelo vinho do Porto e pelos vinhos tintos o vinho branco é colocado num plano bastante inferior, surge nos últimos tempos uma nova vaga de vinhos brancos onde se nota a cada ano que passa um aumento da sua qualidade.
Este Ázeo 2005 é um fiel exemplo disso, um vinho que se coloca num patamar alto e fiel representativo da zona que o viu nascer, o preço ronda os 12€ e é mais que merecido, sendo que a nota final fica que nem uma luva.
17

4 comentários:

Chapim disse...

Caro Copod3. O Ázeo é para mim dos brancos mais interessantes que surgiram o ano passado. Ainda não tive oportunidade de provar o 2005 mas confesso que me deixou muito entusiasmado a prová-lo urgentemente. O último 2004 q provei estava no ponto e foi muito bem acompanhado por um vértice 2004 que para mim é um branco não de topo mas de referência no Douro. Parabéns pelo blog que conta com a minha visita com bastante assiduidade..

Copo de 3 disse...

Caro Chapim dou as boas vindas ao Copo de 3 e espero que continue a participar sempre que ache oportuno, o Ázeo foi para mim uma excelente surpresa, e certamente que se afirmou como uma referência dos vinhos brancos do Douro.
Quando provar o 2005 diga então o que achou... :)
Cumprimentos.

frexou disse...

Concordo completamente com o João.
Este branco do Douro é qualquer coisa.

E tendo em conta a introdução de 10% de Chardonnay, ainda veio melhorar o perfil do vinho.
Trouxe-lhe uma untuosidade aliada ao perfume duriense extremamente interessante.

Chapim disse...

Caros bloggers,
Ando a tentar encontrar o Ázeo 2005 mas não tenho tido sorte. Onde o conseguirei arranjar?
O 2004 faz parte da minha garrafeira pequenina, mas o 2005 tá dificil...

Obrigado

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.