Copo de 3: PROVA Quinta dos Quatro Ventos Reserva 2001

31 Dezembro 2006

PROVA Quinta dos Quatro Ventos Reserva 2001

Produzir vinhos de elevada qualidade nas regiões onde se tem adegas é algo que não está ao alcance de todos, as Caves Aliança será um exemplo do que falo pois conseguem ter uma gama de vinhos invejável, do Douro ao Alentejo, passando pelo Dão até às Beiras... onde a qualidade e a respectiva relação preço/qualidade são uma realidade nos seus vinhos e ainda bem.
Em prova está o topo de gama das Caves Aliança no Douro, depois de um Quinta dos Quatro Ventos que tem feito as delícias dos consumidores, o primeiro Reserva foi lançado com a colheita de 2001 (já anda no mercado a de 2002) e colocado numa pesada e imponente garrafa, foram engarrafadas 15,753 garrafas a um preço que ronda os 30€.

Quinta dos Quatro Ventos Reserva 2001
Castas: 50% Tinta Roriz 35% Touriga Nacional e 15% Tinta Barroca - Estágio: 14 meses Carvalho Francês - 13,5% Vol.

Tonalidade granada escuro de concentração média/alta.
Nariz de boa intensidade com fruta negra e vermelha bem madura e com alguma compota tudo de excelente qualidade, a ligação com a madeira está muito bem conseguida, inicialmente alguma baunilha e torrado com anotação de ligeiro balsâmico em fundo com toque vegetal, as notas derivadas do estágio em madeira aparecem com o passar do tempo no copo, quando é bom vale a pena esperar, caramelo de leite, cacau em pó, tabaco, tudo acompanhado de uma brisa fresca e especiada.
Boca de grande arquitectura, acidez a dar frescura suficiente, fruta em compota em companhia de caramelo, café, tabaco, especiaria, fino, elegante e macio, a proporcionar uma grande passagem pela boca onde tudo se mostra bastante afinado e no seu devido sítio, final médio/longo com boa persistência.

Este continua a ser um dos grandes vinhos de Portugal, a ligação fruta/madeira é de realçar tal como o nível do seu bouquet, tem tudo no seu sítio e mostra-se com taninos mais que domesticados, num ponto alto da sua forma é um vinho que dá um enorme prazer durante a prova. A excelência do Douro num copo de vinho.
18,5

4 comentários:

Chapim disse...

Caro João Pedro a Aliança continua de facto em grande nível. E no país todo.

O último que me passou pelos lábios foi o Casa d Aguiar tinto 2004 que estava em grande forma. E os preços são bem justos na minha opinião!!

Boas provas!!

Copo de 3 disse...

Futuras provas previstas é o Quinta das Baceladas 2003 e o Quinta da Garrida Touriga Nacional 2003.
Apenas uma questão de estar atento... mais grandes vinhos estão para ser colocados.

Pedro Tiago P.T. disse...

Por acaso bebi o espumante tinto Caves Aliança no primeiro dia do ano. Gosto deste vinho , e bebo com frequência, acompanha exelentemente um leitãozinho. Quanto ao Quinta da Garrida, também tenho provado de 2000, que está a um bom preço em relação à qualidade no Jumbo de Cascais. Abráços

Anónimo disse...

Que belo exemplar do Douro e a um preço muito interessante... menos de 30€...

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.