Copo de 3: PROVA Vinhos Quinta do Sobreiró de Cima

18 Abril 2007

PROVA Vinhos Quinta do Sobreiró de Cima

Rumamos até Trás-os-Montes, aquela que por ter um clima semelhante ao das regiões do Sul de Portugal é chamada de ''Terra Quente''.
É em Valpaços que se situa a Quinta do Sobreiró de Cima, que dentro da sua gama de vinhos produz os aqui apresentados:

Quinta do Sobreiró de Cima Rosé Touriga Nacional
Castas: Touriga Nacional - Estágio: n/indicado - 12% Vol.

Tonalidade salmão com ruby brilhante pelo meio.
Nariz sem grande intensidade aromática, mostra-se frutado (groselha e morango) em harmonia com suave toque floral e pouco mais que isto, denota alguma frescura mas tudo sem grande exuberância.
Boca com entrada de estrutura mediana, afinado e suave tal como a sua frescura. Peca pela falta de largura na boca, concentração ligeira revelando a falta de mais conteúdo, final de boca curto.

Curiosamente temos um vinho Regional onde a data da colheita não aparece mencionada, ou se aparece está muito bem camuflada... encontrei um tal 2005 perdido ao lado de um lote. Sendo assim o consumidor não fica esclarecido, e isso não é nada bom.
Em conclusão, temos um vinho parco de complexidade, a mostrar muito pouco, mesmo assim melhor na boca que no nariz. Sem chama e sem o brilho que já deve ter tido noutra altura, o preço ronda os 6€. Colheita de 2006 precisa-se.
12

Quinta do Sobreiró de Cima Branco 2004
Castas: 85% Verdelho e outras - Estágio: n/indicado - 13% Vol.

Tonalidade leve amarelo dourado com nuance citrino.
Nariz de boa intensidade, floral presente ainda que forma algo discreta, com fruta (pêra e maçã verde com toque citrino), frescura ligeira, ponta mineral de fundo.
Boca a mostrar alguma estrutura, fruta presente com ananás e limão espremido que liga a uma acidez de bom nível, a dar boa frescura durante a prova. Toque vegetal, bom equilíbrio em final de persistência média.

Um vinho a mostrar-se de boa saúde, quando já se falou dos 2005 e começa a falar dos 2006, este vinho mostra que sendo 2004 ainda tem sinais de vida... mesmo assim será de começar a abrir estas para dar lugar à colheita de 2005 ou porque não, a de 2006.
15

Quinta do Sobreiró de Cima Tinto 2004
Castas: Tinta Roriz (30%), Touriga Nacional (50%) e Trincadeira Preta (20%) - Estágio: n/indicado - 14% Vol.

Tonalidade ruby escuro de concentração média/alta.
Nariz a revelar fruta bem madura, compotado com toque floral. Vegetal em segundo plano com toque de seiva, algum torrado muito suave acompanhado de ligeiro balsâmico e um fundo com toque lácteo que lembra um yogurte de frutos silvestres.
Boca de entrada mediana, certa macieza que se esbate em vegetal de fundo com ligeira secura, toque de chá preto no final de boca, persistência média/baixa.

É um vinho que dá tudo o que tem durante a prova, consegue ser agradável mas não deixa saudade, é um vinho com um preço a rondar os 6€ que se junta num lote de muitos outros.
15

2 comentários:

J. Gómez Pallarès disse...

Ahora que empiezan los calores tambien en esta parte de España, uno quisiera poder probar todos los rosados del mundo!!! Es una pena que por aquí sea imposible encontrar de forma normal en las tiendas algún buen rosado portugués. Aunque no lo puntues muy bien, un monovarietal como éste sí me apetecería probar.
Saludos cordiales!
Joan

Anónimo disse...

Viva,
Concordo com a opinião sobre o tinto 2004. Agradável de beber mas sem ser nada que fique na memória.
No entanto, para o preço que custa acho uma boa compra...
Estou a ver é que anda muita gente a mamar dinheiro entre Trás-os-Montes e o Alentejo. 6€?!!
A meio caminho (zona de Aveiro) encontro isto por pouco mais de 3€

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.