Copo de 3: PROVA Portos do Morgadio da Calçada

22 Maio 2007

PROVA Portos do Morgadio da Calçada

Esta recente marca Duriense, cujos vinhos são o resultado da parceria da família Vilas Boas e da casa Niepoort. Para Dirk Niepoort que tem um fascínio pelas vinhas de Provezende esta parceria permite explorar a criação de nova linha de vinhos DOURO e Porto.
Os vinhos Douro já aqui foram provados, sendo agora altura de provar da gama Porto, o Ruby Reserve, Tawny Reserve e o LBV 2001. Ficando o Dry White para outra prova.

Morgadio da Calçada Ruby Reserve
Castas: Tinta Roriz,Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinto Cão, Tinta Francisca, Tinta Amarela, Sousão e outras - Estágio: 3 anos em barricas - 20% Vol.

Tonalidade ruby escuro e vivo, de média concentração.
Nariz com aroma frutado (ameixa, amora, framboesa) de boa qualidade, ligeiramente especiado com toque compotado, chocolate preto com toque de móvel antigo.
Boca com entrada doce e suave, frescura presente, frutado com ligeira secura no final, redondo e bem afinado com final médio a lembrar cacau e brisa balsâmica.

Temos um vinho claramente a apostar nos aromas frutados, muito jovem e com boa frescura, de aproximação fácil e que acompanha em grande um folhado crocante de chocolate com frutos do bosque.
15,5

Morgadio da Calçada Tawny Reserve
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinto Cão, Tinta Francisca, Tinta Amarela, Sousão e outras - Estágio: 6 anos em barricas - 20% Vol.

Tonalidade âmbar de média concentração, com rebordo laranja
Nariz a mostrar um aroma de boa intensidade, frescura presente em conjunto com fruta em passa (uva passa) e frutos secos (amêndoa, caju) tão característicos deste tipo de vinho. Caramelo com toque de canela mistura-se entre um ligeiro tabaco e açúcar queimado no final.
Boca com entrada a revelar uma boa estrutura, redondo e com acidez presente ainda que suave a dar boa frescura durante a passagem de boca. Doçura bem equilibrada e nunca em excesso, tudo muito acertado com um final médio a lembrar frutos secos.

Temos mais um vinho que vai de encontro ao esperado, conseguindo cumprir por completo o seu objectivo... agradar. Para quem quiser saber o que é um Tawny Reserve só tem de provar este Morgadio da Calçada.
16

Morgadio da Calçada LBV 2001
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão, Tinta Francisca, Tinta Amarela, Sousão and Tinta Roriz e outras - Estágio: balseiros e barricas, engarrafado em 2006 - 20% Vol.

Tonalidade apresentada revela um vinho carregado e quase retinto, escuro e opaco.
Nariz com aroma de boa intensidade, fruta muito madura com compota, caixa de charutos, especiarias (pimenta), fundo balsâmico com toque floral. Surgem com algum tempo cacau, torrado ligeiro com a doçura a balancear com a frescura.
Boca com entrada estruturada e bastante equilibrada, mostra-se com boa dimensão no palato, chocolate, fruta em compota e traço especiado no final de boa intensidade.

Tudo muito bem acomodado, a dar bastante prazer durante a prova e a dizer que está com pernas para andar. Uma aposta segura com um preço a rondar os 12€.
16,5

Sem comentários:

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.