Copo de 3: PROVA Quinta do Farfão

10 junho 2007

PROVA Quinta do Farfão

É no Douro Superior que fica a Quinta do Farfão, um produtor que lança os seus novos vinhos para o mercado.
Na sua gama podemos encontrar um branco, um colheita tinto e um Reserva.

Quinta do Farfão Branco 2006
Castas: Codega do Larinho, Rabigato, Viosinho, Malvasia Fina e outras. - Estágio: Inox -13,5% Vol.

Tonalidade amarelo citrino, pálido e com nuances esverdeados.
Nariz com toque frutado, notas tropicais e citrinas, ligeiro floral com toque vegetal em fundo que se vai esbatendo, tudo sem grandes intensidade jogando mais num plano discreto e ligeiro.
Boca de entrada fresca, ligeira fruta presente com embate da acidez a sair fora de controle, chega mesmo a deixar um rasto azedo durante a passagem de boca.

Um branco que não dá vontade de repetir, pelo preço indicado de 5€ ou até por menos, conseguimos encontrar vinhos mais apelativos e interessantes.
12

Quinta do Farfão Colheita 2004
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão - Estágio: 8 meses carvalho francês - 12% Vol.

Tonalidade granada escuro de média concentração.
Nariz com aroma algo fechado inicialmente, sente-se a pisa em lagar de granito, fruta negra bem madura com alguma geleia, rusticidade domesticada pela passagem por madeira, toque de esteva queimada (vegetal e tosta), tudo isto com aquele frio mineral em fundo.
Boca a mostrar-se com entrada agradável, fruta, frescura durante a passagem de boca, vegetal no final de persistência média.

Um vinho que por momentos nos transporta para os mundos dos lagares, da pisa a pé, colocando de parte as novas tecnologias. De resto temos um vinho que se mostra cumpridor do seu destino. O preço indicado é de 4,5€ que se revela bem mais ajustado.
14

Quinta do Farfão Reserva 2004
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinto Cão - Estágio: 10 meses carvalho francês e americano - 13% Vol.

Tonalidade ruby escuro de média concentração
Nariz com aroma de média intensidade, fruta bem madura, frescura presente com toque vegetal, sem deixar o lado balsâmico de lado. Algum floral também se mostra com ligeiro fumo em fundo.
Boca a mostrar-se algo acanhada, fruta presente com certa ligeireza, fumo com vegetal. A passagem de boca mostra-se fresca e com ligeiro mineral em fundo, ao lado de toque vegetal.

Um vinho que se mostrou o melhor dos três em prova, mais afinado e com mais alma que os restantes, directo e a dar uma boa prova. O preço indicado é de cerca de 6,5€
14,5

2 comentários:

Anónimo disse...

lá sabes tu o que é vinho????????????????

Copo de 3 disse...

Querem ver que os vinhos em causa mereciam melhor nota ?

E os outros depois rebentavam a escala ?

Haja paciência.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.