Copo de 3: Quinta da Vegia Reserva 2005

07 janeiro 2009

Quinta da Vegia Reserva 2005

A Casa de Cello é uma empresa familiar que se dedica à exploração vitícola das suas quintas há 4 gerações.
Foi nos anos 80 que um dos seus proprietários, João Pedro d´Araujo, deu inicio à profissionalização da actividade da Casa de Cello. Reorganizou a estrutura existente com o objectivo de implementar as melhores tecnologias vitícolas e enológicas, de forma a potenciar a expressão dos seus ''terroirs'' nos vinhos.
Da Casa de Cello fazem parte duas quintas, a Quinta de Sanjoanne (Entre-Douro e Minho) e a Quinta da Vegia, situada próximo junto da encantadora e histórica vila de Penalva do Castelo, na excelente Região Demarcada dos Vinhos do Dão.
Foi adquirida em 1999 em completo estado de abandono, conta actualmente com 60ha, dos quais 20ha são de vinha onde despontam as castas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinto Cão e Trincadeira Preta, que dão origem aos vinhos Porta Fronha, Quinta da Vegia e Quinta da Vegia Reserva.

Quinta da Vegia Reserva 2005
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz - Estágio: 5meses em barrica com 15 meses em garrafa - 13,5% Vol.

Tonalidade ruby escuro de concentração média/alta.

Nariz a mostrar uma belíssima intensidade, um vinho que de momento remete para o primeiro plano toda a frescura das notas mentoladas com floral (violetas), amparado numa boa dose de fruta (groselha preta, cereja) muito limpa e de grande qualidade.
A madeira mostra-se plenamente integrada no conjunto, invocando toque fumado/tosta, especiarias, ligeiro cacau e caramelo de leite. Encerra divagando num leve vegetal seco a recordar chá preto.

Boca de entrada frutada e fresca, de estrutura média, em grande sintonia com a prova de nariz. A fruta mistura-se com cacau ligeiro, especiaria doce, caramelo e balsâmico, tudo isto com uma acidez bem doseada que permite uma passagem de boca muito harmoniosa e prazenteira. Lá no fundo parece assente em ligeira mineralidade, num final de boca de bela persistência.

Os vinhos do Dão estão cada vez mais na moda, aquela região que parecia adormecida está agora bem acordada, o trabalho que tem sido desenvolvido por parte dos produtores tem sido louvável e merecedor de um enorme elogio. São vinhos como este Quinta da Vegia Reserva, que representam o que de melhor se faz naquela região, onde a sedutora elegância e frescura, associados a uma cativadora exuberância aromática, fazem as delícias de quem os bebe. Este Reserva pela prova que deu, pode ser consumido desde já, mas pode também ser guardado por mais uns anos para refinar o seu bouquet. Preço a rondar os 25€.
17

4 comentários:

Anónimo disse...

Ofereceram-me uma caixa de Vinho Tinto Porto da Bouga, da zona de Portalegre.

Se por acaso conhece gostaria de saber a sua opiniao...

Cumprimentos

Pedro Esteves

Copo de 3 disse...

O seu comentário veio em boa altura visto estar para breve a entrada da nota de prova do Porto da Bouga Reserva 2006 (o 2007 já se encontra no mercado).

É um vinho que tenho vindo a seguir com alguma regularidade desde que se lançou para o mercado, considero com uma boa relação preço/qualidade e uma capacidade de envelhecimento interessante a ver pelos exemplares das colheitas de 2001 e 2002.

Pedro Sousa P.T. disse...

A colheita de 2006 está à venda na Garrafeira de Campo de Ourique por 12,75€. Suponho que seja uma boa compra, não?

Abraço

Copo de 3 disse...

Pedro Sousa

Quer o Reserva quer o Colheita, da Quinta da Vegia, são vinhos que eu recomendo a sua compra pela grande relação preço/qualidade e pelo prazer que dão no momento da sua prova.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.