Copo de 3: Vale d'Algares branco 2009

26 Junho 2011

Vale d'Algares branco 2009

Foi provado no meio de outros tantos brancos, em prova cega ninguém sabe o que lhe cai na rifa, pode-se gostar ou passar completamente ao lado... os gostos para o meu lado andam mais exigentes, ando saturado de vinhos sem graça, pesadões com o álcool a dar aquela mordida no final da prova. O vinho que me tinham deitado no copo começou por mostrar-se pouco expressivo e nada fresco, depois aumentou o volume mas pouco, alguma fruta, leve calda e pouco mais de frescura mas pouca o que não me cativou, parecia ter tido um banho em banheira de madeira que se notava levemente... tudo sem grande entusiasmo... pesado e anafado, com dificuldades claras em desenvolver no copo, começas mal pensei eu. Na boca o mesmo desespero, os 14% Vol. batem forte, o vinho torna-se em algo sem graça, gaiato gordo com a mania mas que acaba por ser apenas isso... depois apertamos com ele e sai com o rabo entre as pernas... tem mais corpo que garganta, no final o álcool mostra-se novamente, quente, a faltar frescura. Olho para os meus companheiros de prova e ninguém esboça uma palavra de atrevimento ou elogio, o vinho termina como começou...sem graça, sem nervo ou fio condutor que lhe permita uma estadia valente em garrafa ou mesmo qualquer vontade de repetir, se fosse um bolo era uma bola de berlim com creme daquelas com fritura a mais e creme a menos... comemos uma e ficamos fartos... não faz minimamente o meu estilo de branco, não gostei daquilo que me disse, falta-lhe frescura e é de 2009 mesmo com a desculpa que terá visto madeira pelo caminho, gosto bem mais de outros e até pelo preço praticado que a rondar os 19€ esperava muito mais do que aqui encontrei. 14,5 - 86 pts

Sem comentários:

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.