Copo de 3: José Maria da Fonseca Evento Wine Bloggers

23 Outubro 2011

José Maria da Fonseca Evento Wine Bloggers


Digam o que disserem, pensem o que pensarem a verdade é que a comunidade de wine bloggers tem vindo a crescer e a ganhar cada vez mais consistência e importância junto dos eno-consumidores e por seu turno junto dos produtores de vinho. O trabalho totalmente independente e sem cabos de ligação à máquina dá uma total liberdade aos bloggers de vinho, a tal voz do consumidor para o consumidor, a tal voz de alguém que comunica directamente com os seus sem ostentar galões de qualquer coisa.Fala-se abertamente, fala-se sobre o que se quer, avalia-se livremente o que se quer, escreve-se por gosto e não por obrigação, são vozes e palavras visitadas a nível global e não local, por milhares de pessoas que em número suplantam qualquer edição revisteira... sim são os eno-bloggers e vieram para ficar. Grande parte dos produtores nacionais começam a dar a importância que esse grupo veio a construir e a merecer com o passar do tempo, hoje em dia é já uma confirmação e para mim é um orgulho e uma enorme alegria quando vejo todo esse trabalho ser recompensado desta forma.

Foi no passado dia 22 de Outubro que o produtor José Maria da Fonseca abriu portas para receber os Wine Bloggers realizando um evento dedicado aos mesmos a fim de poderem provar as mais recentes novidades no mercado, conhecerem a sua história e respectivas instalações, seguido de um almoço de convívio cheio de enormes surpresas. Para mim seria a segunda vez que ali entrava, rever todo aquele património único no Mundo, respira-se história em cada recanto, o conhecer mais do que os vinhos mas sim as instalações é uma obrigação para qualquer enófilo, desde passar pela sala onde repousam os Torna Viagem, admirar a Casa das Bonecas ou vaguear pelas várias adegas, desde a imponente Adega do Periquita até à escura e misteriosa Adega dos Teares Velhos onde repousa a Frasqueira.

Como todo o Peregrino de Santiago o chegar ao destino, ao final do Camino e aquele estar-se perante a Catedral é um preencher de alma enorme, um completar de uma vontade... o poder percorrer aquela a que considero a Catedral do Vinho Moscatel vulgo Adega dos Teares Velhos é uma dessas mecas enófilas... eu enófilo me confesso, pois é um daqueles locais especiais que estamos fartos de ver em livros e revistas, que aparecem na TV mas que depois quando lá chegamos sentimos que um tal vazio se preencheu. O que ali mora são sem sombra de dúvida vinhos de status Mundial, não me venham com a conversa do melhor do mundo só porque tem um selo colado na garrafa... não, é mentira, os Melhores do Mundo moram naquela fantasiosa escuridão, naquelas madeiras velhas que respiram décadas com sonhos por engarrafar ou servir de base para outros tantos sonhos bons que qualquer enófilo gosta e quer ter nem que seja por uma vez na vida.

A prova de vinhos contou com a presença do Engº Domingos Soares Franco, que guiou todos os presentes pelos melhores vinhos da casa, novos lançamentos ou vinhos já no mercado, desde os brancos aos tintos, pelo meio dois curiosos e estimulantes tira teimas acerca da casta Verdelho Vs Verdejo e outro onde deu para comparar as diferenças de fermentação da casta Grand Noir em Lagar, Cuba e Talha, terminaríamos as provas com Moscatel e Bastardinho. O evento iria terminar num almoço de confraternização, acompanhado por 3 ícones da casa e onde iríamos ter uma enorme surpresa e um verdadeiro privilégio, que deixou a todos com um enorme sorriso na cara, mas tudo isto será contado no seu devido tempo com direito a artigo próprio. 

Para finalizar quero deixar os meus mais sinceros agradecimentos à empresa José Maria da Fonseca, no nome de Sofia Soares Franco e do Engº Domingos Soares Franco pelo fantástico dia que me proporcionaram.

3 comentários:

Kroniketas disse...

Bem bom!

João Barbosa disse...

e eu que não pude... :-(

João de Carvalho disse...

João Barbosa, foi memorável... como todo o tempo que passo dentro daquelas paredes. Para a próxima não falhes :)

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.