Copo de 3: Herdade do Rocim branco 2011

11 Dezembro 2012

Herdade do Rocim branco 2011

Mantendo as provas nos brancos e ainda pelo Alentejo, falo do Herdade do Rocim branco da colheita de 2011, branco que sofreu mudança no seu rótulo que agora se mostra bem mais apelativo. O vinho é um lote composto por Antão Vaz, Roupeiro e Arinto, o resultado ficou longe do esperado, a culpa foi do tinto que se mostrou de forma garbosa e acima dos anteriores lançamentos. Aqui encontramos o oposto do tinto, é um vinho que cheira a pouco, demasiada finura, com a fruta contida e bastante compacto e achatado, comunica pouco o que não abona muito a seu favor uma vez que ou é branco de guarda (o que não creio) e apenas se vai mostrar daqui por uns anos, ou então é contenção a mais e não me agradou. A fruta presente mas sem grande estímulo, nota de folha de limoeiro e ligeira sensação de arredondamento com boa frescura pelo meio. É um vinho de médio corpo com final médio\curto cujo preço anda na casa dos 7\8€. 87 pts.

Sem comentários:

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.