Copo de 3: Pato Frio Selecção Branco 2011

13 abril 2013

Pato Frio Selecção Branco 2011

Foi das ultimas boas surpresas que me caiu no copo, em jeito de provocação a garrafa vinha tapada, como já é costume entre o grupo de amigos com quem gosto de beber umas garrafas e trocar opiniões acerca dos líquidos. Aquele momento em que tentamos rebuscar no pensamento uma realidade que por vezes parece querer fugir, apesar da solução estar ali perante o nosso nariz a rodopiar no copo. Neste caso cativa de imediato o toque de fruta tropical, fresca e sumarenta a fazer lembrar manga madura, o que temos no copo é do Alentejo da sub região Vidigueira, uma fantástica zona de brancos que tem andado um pouco afastada da glória de outros tempo. Nasceu na Herdade do Moinho Branco, a 407 metros de altitude na Serra do Mendro, onde predominam os vinhos brancos e neste caso o Selecção com Antão Vaz, Síria, Perrum e Rabo de Ovelha. Produção de 20.000 garrafas com preço arrebatador que ronda os 3.50€. Pelo meio o vinho mostra também uma bonita afinação, tem frescura, a acidez na boca é de muito bom nível e afasta o vinho daquele toque mais morno e chato, por vezes até quase que forçado. Portanto um branco fresco da Vidigueira, com aromas de fruta madura e limpa, onde citrinos e algum tropical se faz sentir, conjunto coeso com ligeira sensação de cremosidade, creme de limão, em fundo mineral. Tudo isto num vinho que é uma alegria ter no copo, imagino a acompanhar uma salada com camarão grelhado e pedaços de ananás, tudo isto com um preço tão tentador que apetece comprar à caixa para beber neste tempo mais quente que se aproxima. 90pts

2 comentários:

Duckman disse...

Deixou-me com uma curiosidade que não imagina:)
Ainda por cima, quando já percebi há algum tempo que me inclino muito mais para os brancos ou verdes, apreciando cada vez menos vinhos tintos.
Será que é capaz de me indicar um espaço onde o possa adquirir? (resido na margem sul, mas sem problemas vou a lisboa).
Obrigado.
João

João Pedro Carvalho disse...

No El Corte Inglês e penso que na Garrafeira de Almada.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.