Copo de 3: PROVA Coop Borba Antao Vaz & Arinto 2005

18 Janeiro 2007

PROVA Coop Borba Antao Vaz & Arinto 2005

Depois de um 2004 que deu tanto que falar pela sua excelente relação qualidade/preço eis que sai para o mercado a nova versão, o mesmo preço e a mesma dupla de sucesso, veremos se a qualidade se mantém:

Coop. Borba Antão Vaz & Arinto 2005
Castas: 50% Antão Vaz e 50% Arinto - Estágio: 3 meses garrafa após fermentação em carvalho americano - 13% Vol.

Tonalidade amarelo citrino com leve dourado presente.
Nariz com boa intensidade, as notas de madeira mostram-se bem presentes e em grande forma, mas nada em excesso ou que torne o vinho enjoativo, baunilha, torrefactos, ligeiro amanteigado, a fruta não fica tapada surgindo imediatamente depois com sugestões tropicais (ananás) e citrinos de boa qualidade e frescura. Sem ser um nariz muito exuberante consegue captar a atenção e tornar-se um pouco guloso.
Boca de boa entrada com fruto bem presente, redondo e envolvente, certa untuosidade com acidez a dar frescura ao conjunto apesar de ser mais intensa na recta final da prova, acompanhada de ligeiro vegetal, final de boca de persistência mediana.

Apesar de tudo mostrou-se um pouco abaixo do 2004, mostra capacidade de evoluir bem em garrafa, é esperar que a madeira se conjugue com a fruta, mas o vinho já dá uma bela prova e não vira olho a que seja colocado num decanter um tempinho antes de ser servido.
15,5

4 comentários:

Chapim disse...

É curioso como evolui bem no copo!

Fica mais equilibrado e denota outras notas interessantes.

É para mim o branco com melhor relação qualidade preço. E que belo companheiro!!!

JPS disse...

Recentemente comprei umas garrafas na loja da adega, em Borba. Provei uma à cerca de 2 semanas e fiquei bem impressionado. A relação qualidade preço é imbativel. No entanto esperava um vinho mais feito. Achei a acidez algo desagradavel, a sobrepor-se a tudo o mais no final da boca. Vou experimentar decantá-lo, como sugeres.

Copo de 3 disse...

E sem esquecer uma temperatura adequada, pode servir a 12ºC para que o vinho possa mostrar tudo o que tem de melhor.

Copo de 3 disse...

Sem dúvida amigo Chapim, é um vinho que no copo se vai revelando, um claro indicador que tem mais e melhor para mostrar e que um tempo de repouso só lhe vai fazer bem.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.