Copo de 3: PROVA Pequeno João 2005

08 fevereiro 2007

PROVA Pequeno João 2005

Da Herdade da Malhadinha Nova sai pelo segundo ano este Pequeno João, um nome dedicado ao mais jovem elemento da família, o João Maria, mais uma vez o rótulo transpira inovação como todos os desta casa o que é de aplaudir.

Pequeno João 2005
Castas: Cabernet Sauvignon, Aragonês e Syrah - Estágio: 12 meses em barricas novas de carvalho francês - 15% Vol.

Tonalidade ruby escuro de concentração alta.
Aroma de intensidade média/alta a dar logo uma sensação de envolvência no nariz e a mostrar alguma complexidade, fruta preta e vermelha bem madura com alguma compota, toque especiado em ligação com notas de estágio em barrica, torrado, café, fumo e tabaco, parece que tudo está colocado dentro de uma pequena caixa onde tudo está junto e bem aconchegado, a frescura dá sinal de estar presente e de mão dada com uma gota de doçura, notas vegetais de fundo com recordação balsâmica muito ligeira.
Boca bem estruturada com entrada suave, de alguma macieza e mostrando-se harmoniosa, sensação de doce que rebate com acidez a dar boa frescura na passagem de boca, especiarias, e café torrado com chocolate preto em segundo plano marcam o final de boca com uma bela persistência final.

Um João Pequeno ao belo estilo da floresta de Sherwood, onde de pequeno apenas tem a garrafa onde foi colocado, pois de resto tem tudo o que os grandes têm, os 15% não se notam e mostra bom entrosamento entre nariz e boca, ainda com pernas para andar mas nestes formatos ficamos sempre algo limitados, como o são as 4140 garrafas produzidas a cerca de 23€ cada uma... esperemos que o Pequeno João Maria cresça para que a garrafa fique maior.
16,5

2 comentários:

VinhoDaCasa disse...

Andamos a beber o mesmo vinho ao mesmo tempo?

No entanto, não achas que este formato é ideal para uma refeição a duas pessoas, onde a seguir por exemplo, poderá haver necessidade de conduzir?

É que se fosse 0,75l com os 15º a coisa podia ficar preta...

Abraço.

Copo de 3 disse...

O alcool é sempre algo a ter em conta, seja a garrafa grande ou pequena, mas digo-te que para duas pessoas acompanharem a refeição é o formato mais recomendado.
O mesmo não digo da capacidade de guarda.

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.